sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Terço do Advento - Sexta Feira - Deus detesta o pecado, mas Ama o Pecador arrependido.

Com a primeira vela acesa e a esperança cada vez maior na vinda do Salvador, voltemos o nosso coração ainda mais à Deus. Somos pecadores, porem Deus é puro Amor e por isso está sempre pronto a nos perdoar. Hoje vamos dizer para Deus: Levantar-me-ei, e irei ter com meu pai, e dir-lhe-ei: Pai, pequei contra o céu e perante ti; Já não sou digno de ser chamado teu filho; faze-me como um dos teus servos. E, levantando-se, foi para seu pai; e, quando ainda estava longe, viu-o seu pai, e se moveu de íntima compaixão e, correndo, lançou-se-lhe ao pescoço e o beijou. Lucas 15:17-20


Acender a primeira vela do terço dizendo: 
Vem ó luz! Vem brilhar nos meus olhos
Não deixa o meu coração se apagar!
Vem me aquecer, como o Sol de meio-dia
Faz minha luz pra sempre brilhar
Ó vem iluminar

Credo.     Nem um Pai se nega a receber seu filho, por mais pecador que seja. Mas o pai disse aos seus servos: Depressa tragam a melhor roupa e vistam nele. Coloquem um anel em seu dedo e calçados em seus pés. Tragam o novilho gordo e matem-no. Vamos fazer uma festa e alegrarmos. Porque este meu filho estava morto, e reviveu, tinha-se perdido, e foi achado. E começaram a alegrar-se. Lc. 15.22-24     Ainda tem muita gente que confunde, assim como o filho pródigo, qual a nossa herança. A herança na qual somos merecedores, e que a maioria dos cristãos desperdiça é, pela graça a nossa salvação. Ap. 3.11
Acender a segunda vela do terço dizendo:
Vem ó luz!Vem brilhar nos meus olhos
Não deixa o meu coração se apagar!
Vem me aquecer, como o Sol de meio-dia
Faz minha luz pra sempre brilhar
Ó vem iluminar

Pai Nosso,  O que é mais importante em tudo isto que estamos meditando durante estes dias é o arrependimento e o desejo de voltar. Não é uma decisão fácil se reconhecer pecador, reconhecer que errou... Mas, mais importante neste reconhecimento é o desejo de concertar o erro. Se vc não se reconhece pecador jamais vai conseguir perdão. Sejamos honestos conosco e digamos: Levantar-me-ei irei ter com meu pai, e lhe direi: Pai pequei contra os Céus e diante de ti. Mt.10.32-33.
A misericórdia de Deus é maior do que qualquer pecado e supera tudo, pois Deus , sendo Amor, sobrepõem todas as faltas. Se, por outro lado nos afirmamos não ter cometido pecado, fazemos de Deus um mentiroso, e a sua palavra não está entre nós. 1 João 1. 9-10.

Acender a terceira vela do terço dizendo:
Vem ó luz! Vem brilhar nos meus olhos
Não deixa o meu coração se apagar!
Vem me aquecer, como o Sol de meio-dia
Faz minha luz pra sempre brilhar
Ó vem iluminar

Ave Maria    O que é certo para a sociedade atual, é para Deus uma abominação. Porque basta o tempo decorrido para terdes executado a vontade dos gentios, tendo andado em dissolução, concupiscência, borracheiras, orgias, bebedices e em detestável idolatria. 1 Pe. 4.3.  Temos que aprender a separar o que é da carne e o que é do Espírito. Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito. Romanos 8:5

Ave Maria Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz. Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser. Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus.
Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele. Romanos 8:6-9

Ave Maria  Filho meu, ouvindo a instrução, cessa de te desviares das palavras do conhecimento. Provérbios 19:27 Pois o que encobre suas transgressões jamais prosperará, mas os que as confessa  e deixa alcançará misericórdia. Prov. 28.13.

Acender a quarta vela do terço dizendo:
Vem ó luz! Vem brilhar nos meus olhos
Não deixa o meu coração se apagar!
Vem me aquecer, como o Sol de meio-dia
Faz minha luz pra sempre brilhar
Ó vem iluminar

Glória ao Pai, Pai Nosso: Precisamos tomar cuidado também em nossa santidade. As vezes achamos que somos certinhos e que por isso merecemos prêmios por fazer aquilo que deve ser feito. O premio de quem faz o que é correto é o gozo da salvação. Isto é mais do que justo, pois não somos merecedores, se não por Jesus. O filho mais velho estava no campo. Quando se aproximou da casa ouviu a música e a dança, não aceitou tudo aquilo que o pai fez, e encheu-se de ira , e se indignou e não queria entrar. Reclamou porque trabalhou tantos anos e nunca ganhou nada para se alegrar com os amigos. O pai disse filho, tu sempre estás comigo, e todas as minhas coisas são tuas. Mas era justo se alegrarmos, porque teu irmão estava morto, e reviveu, tinha se perdido e foi achado. Lc. 15.25-32 
Acender a quinta vela do terço dizendo:
Vem ó luz! Vem brilhar nos meus olhos
Não deixa o meu coração se apagar!
Vem me aquecer, como o Sol de meio-dia
Faz minha luz pra sempre brilhar
Ó vem iluminar

10 Ave Maria, Gloria ao Pai. Nesta semana estou aprendendo que sempre se faz necessário plantar boas sementes, independente do solo, pois a semente sempre germinará. E se for regata, adubada, com certeza dará bons frutos. Se o Filho Pródigo nos conquistou por sua sincera conversão, seu irmão ao contrário afasta-nos por seu coração seco, e seu espírito descontente. Isto muitas vezes acontece dentro de nossa casa, ou até mesmo dentro da igreja. Em vez de abraçarmos  o pecador arrependido e festejarmos a sua volta, ficamos indignados e com ciúmes do amor dedicado ao pecador arrependido. Por causa da dureza de coração o filho mais velho só pensou na herança que lhe era de direito.  Não estava sendo igualzinho ao filho pródigo?

Acender a sexta vela do terço dizendo:
Vem ó luz! Vem brilhar nos meus olhos
Não deixa o meu coração se apagar!
Vem me aquecer, como o Sol de meio-dia
Faz minha luz pra sempre brilhar
Ó vem iluminar



Salve Rainha


Pai, “rico em misericórdia”, (Ef 2,4)
permite que a escuta assídua da tua Palavra
me oriente para ti
e me dê o sentido de abertura à tua graça.
“Pela tua grande misericórdia,
gera-me de novo para uma esperança viva”. (1 Pe 1,3)
Que “a lei do Espírito que dá vida em Cristo Jesus”, (Rm 8,2)
me faça perceber as surpresas do teu amor misericordioso,
para eu ver que a verdadeira liberdade
só existe em comunhão com a tua vontade.


Nossos artigos são para divulgação e ficamos felizes quando você compartilha. Pedimos porem que não esqueçam de citar a fonte.

Comente com sua conta do Face